Cultura, Memória e Relações de Gênero

Cultura, memória e relações de gênero: (re)construindo identidades e subjetividades na educação e na sociedade naviraiense da década de 1990.

 

Coordenador: prof. Daniel Henrique Lopes.

 

RESUMO: A pesquisa pretende analisar as relações de gênero estabelecidas nas escolas do Município de Naviraí/MS nos anos de 1990. Por meio do resgate da memória de homens e mulheres, busca (re)construir as vivências, formas de identidades, subjetividades e cidadania dos sujeitos enquanto membros do “campo” da educação formal. O contexto histórico-social da investigação compreende as transformações ocorridas ao longo do processo de (re)democratização do Brasil nas duas últimas décadas do século XX, um cenário marcado por discursos democráticos e igualitários. Diante dessas conjunturas, pretende identificar se as práticas e experiências desempenhadas pelas pessoas, no que diz respeito às questões de gênero, se estruturaram com base nos discursos disseminados na época, ou de modo a consagrar as assimetrias entre meninos e meninas, homens e mulheres. Assim, almeja evidenciar como experiências conservadoras e inovadoras se constituíram simultaneamente em múltiplas temporalidades na sociedade naviraiense do período em tela.